• João Bertonie

Drag é uma bagunça: performances drag no YouTube


O trabalho consiste na análise de expressões drags contemporâneas, com o intuito de pensar em reconfigurações das noções de drag observadas e produzidas no/pelo YouTube. Tomando como lugares de pesquisa as presenças da drag queen brasileira Rita Von Hunty e da youtuber estadunidense Natalie Wynn, respectivamente dos canais Tempero Drag e Contrapoints, a dissertação mapeia e analisa afetos envolvidos na construção da figura corporificada por ambas de uma drag intelectual e as performances construídas por e em torno delas que complexificam noções drag. O percurso de pesquisa é fundamentado e perpassado pelo trabalho de autores e autoras como Diana Taylor e Richard Schechner (estudos da performance), Lawrence Grossberg (teoria dos afetos), Jesús Martín-Barbero (mediações e entorno tecnocomunicativo), dentre outros, em diálogo com o TRACC e o CHAOS, grupos do Póscom/UFBA.

Situação: em andamento