• Caroline Vieira Sant’Anna

Corpo-manifesto: performances artísticas e sociais como território de disputas políticas



A pesquisa busca compreender as transformações estéticas e éticas de inscrição do(s) feminino(s) pelas artes visuais, e suas construções de memórias e identidades, a partir das materialidades fotográficas e videográficas, dos corpos em estado de performance ou performatividade. O percurso da análise é resultado da aproximação do contexto político-social dos anos de 1970 e o que dele emerge enquanto produção artística e o momento político-social e os processos artísticos e sociais vividos no presente, quando o campo da arte se abre para a expressão de outras corporalidades, tensionando questões normativas de gênero e raça como território político, que põe em discussão feminismos e decolonialidades. O aporte teórico conceitual passa pelos estudos da performance, arte, política e gênero.

Situação: em andamento